cachorro perdido grande deitado em calçada

Cachorro Perdido? 10 Dicas para Encontrar seu Pet

Costumamos ouvir muitos tutores que perderam seus animaizinhos sobre não terem qualquer ideia de como encontrá-los. Afinal, como encontrar um cachorro perdido ou um gato fujão? Reunimos 10 dicas ótimas do que fazer se seu pet foge durante um passeio, viagem ou simplesmente sai por aquela porta entreaberta enquanto a visita se despede. Esperamos que você não precise seguir essas dicas, mas se precisar, esperamos que sejam úteis!

1 – Pause todos os demais compromissos.

As tarefas do dia-a-dia podem ser rearranjadas, porém a vida do seu bichinho pode estar em jogo a cada minuto que se passa. Peça a parentes para cuidar das crianças. Considere tirar alguns dias de folga do trabalho. Faça tudo aquilo que for necessário para ter tempo para procurar por seu melhor amigo, sua princesinha ou filhinho peludinho. Esteja preparado(a), pois um cachorro perdido pode chegar a percorrer até 15 km nas primeiras 24 horas após sua fuga!

2 – Aja imediatamente.

De forma semelhante ao sumiço de uma pessoa, as primeiras 24 horas são as mais importantes na busca por um cachorro perdido ou um gato sumido. Assim que a falta do pet for percebida, as primeiras ações já devem ser tomadas. A primeira delas e a mais importante é que a pessoa mais próxima do pet cubra uma área de pelo menos alguns quarteirões, chamando-o pelo nome. É interessante também utilizar outras frases atrativas, como chamar para comer ou dizer que está indo dormir, caso isso costume surtir efeito em seu pet de fazê-lo seguir o tutor. Levar um brinquedo para pet com efeito sonoro que ele considere especial também deve ajudar muito.

3 – Interaja com as pessoas.

Comunique verbalmente o desaparecimento do seu cãozinho ou gatinho a diversas pessoas que frequentam o bairro, especialmente aquelas que mantêm contato visual com a rua frequentemente. Porteiros de prédios, lixeiros, seguranças e funcionários de estabelecimentos com abertura direta para a calçada possuem grandes chances de ver um cachorro perdido farejando por aí. No caso de um gato desaparecido, o ideal é avisar os vizinhos sobre o ocorrido e pedir para avisarem se o virem, pois eles tendem a vagar pelos telhados das casas, especialmente à noite.

4 – Mostre seu pet.

cachorro feliz com corrente de aço
Foto: Life Buzz.

Imprima cópias da foto mais recente e em melhor resolução do seu animal. Utilize uma impressora própria, uma Lan House ou até mesmo visite uma papelaria para imprimir as cópias. As impressões devem estar em cores e nítidas. Vá até abrigos de animais e órgãos públicos ligados à área, e peça para postarem em um quadro ou outro local onde expõem animais desaparecidos. As fotos também serão úteis em outras formas de divulgação, como aquela feita em postes pelo bairro.

5 – Divulgue seu gato ou cachorro perdido.

Não inclua muitos detalhes, pois não irão ajudar muito nas buscas, e também podem ser utilizados com má fé para fraudes e afins. No caso de um cachorro perdido, por exemplo, escreva apenas: nome do cachorro, cor da pelagem, recompensa, e dois ou mais números para contato. Anuncie nas redes sociais, onde a mensagem pode chegar a milhares de pessoas. Peça para compartilharem e marcarem outras pessoas, se possível. Caso prefira, anuncie também nos jornais e demais veículos de comunicação, sempre com informações precisas e concisas. A opção clássica de colar cartazes em postes também deve ser considerada.

6 – Ofereça uma recompensa.

A ideia de oferecer uma recompensa pode parecer absurda para muitos. Porém, se você parar para pensar, quanto estamos dispostos a gastar com bens materiais, como o reparo de um carro, o conserto de um eletrodoméstico ou uma peça de roupa da moda? Até mesmo se pararmos para pensar no quanto estamos dispostos a gastar no veterinário, em caso de doença no pet, poderemos perceber que o desaparecimento também merece seu investimento. E a situação ainda é mais grave no caso do sumiço. Oferecendo uma recompensa, ainda que mínima, você motiva mais pessoas a se mobilizarem na busca pelo seu cachorro perdido ou seu gatinho rebelde – mas prefira não anunciar a quantia ofertada como recompensa.

7 – Fique grudado no seu celular.

gato mexendo no celular
Foto: Consumerist.

É de suma importância que o(s) número(s) que você postar em todos os lugares esteja(m) perto de você o tempo todo. Prepare-se para atender uma ligação dentre os primeiros toques, pois dificilmente alguém irá tentar ligar uma segunda vez para avisar sobre seu cachorro perdido ou seu gato sumido, após a primeira tentativa tocar até cair. Fique também de olho nas redes sociais e nos principais aplicativos de mensagens instantâneas, pois podem dar notícias sobre seu pet por qualquer canal de comunicação possível.

8 – Utilize um serviço especializado.

Recorra a um aplicativo ou site de serviços especializados na busca de gato ou cachorro perdido, caso necessário. Um bom exemplo é o site BuscaPet, que oferece auxílio na localização do pet de várias formas, mas principalmente pela utilização de artigos de cheiro – produtos, roupas, objetos e afins com os quais o pet teve contato recentemente, e que podem servir para atraí-lo.

9 – Visite pet shops e clínicas veterinárias.

A visita a esses estabelecimentos deve ser diária, até que o seu pet seja reencontrado. Pense no que você faria caso encontrasse um animalzinho perdido sem qualquer identificação. Provavelmente levar ao pet shop ou canil mais próximo seja uma boa opção, pois pode ser que ele não tenha uma família e esteja à procura de um lar. Se o bichinho estiver ferido de alguma forma, levar ao veterinário é a primeira ideia que vem à cabeça, não é mesmo? Portanto, são lugares onde você deve procurar com constância.

10 – Previna-se.

Assim que seu pet for encontrado – e esperamos sinceramente que ele seja -, é importante que algumas medidas sejam tomadas para que isso não ocorra novamente. Punir seu bichinho não é uma das alternativas, pois isso pode agravar ainda mais o trauma de ter se perdido e despertar problemas psicológicos em seu pet. Por isso, uma boa dica é garantir um pingente ou placa de identificação para seu cão ou gato. Lembre-se sempre da importância de uma placa de identificação para a segurança do seu pet, o que pode encurtar enormemente os esforços caso ele se perca ou fuja novamente.

cachorro pug com coleira e pingente de identificação
Foto: Pinterest.

Acima de qualquer coisa, desejamos muito que você encontre novamente seu bichinho querido, e estamos abertos a comentários, dúvidas e histórias sobre reencontros nos comentários! 🙂

  • Cecilia

    Minha amiga perdeu seu cão ontem e está desesperada como deve cadastrar como cachorros perdidos?

  • SOCORRO CRISTINA PINHEIRO

    Meu branquinho sumiu dia 02 até agora nada falo com todo mundo descrevendo ele e o pior que estou operada e sozinha para procura-lo é angustiante não durmo direito pensando como pode estar por ai vivo com fome e os piores pensamentos vem em mente. Parece que abriu o chão.

Digite Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *