cachorro dormindo e bocejando em cobertor fofinho

Cachorro Dormindo Muito: É Normal?

Você provavelmente já observou seu cachorro dormindo ou tirando aquele cochilo e pensou: “nossa, será que ele dorme o dia inteiro?” Esse questionamento é natural, uma vez que temos hábitos de sono bem diferentes dos cachorros. Uma das várias vantagens deles é que eles podem dormir o quanto quiserem – especialmente os cães domésticos. É de dar inveja, né gente? Mas o que será que os especialistas têm a dizer sobre a quantidade de sono diário dos cães?

Se esse tipo de questionamento já evoluiu para uma preocupação alguma vez, saiba que você não está sozinha(o)! Reunimos as principais dúvidas que tutores de cães têm sobre os hábitos de sono de seus pets e buscamos algumas explicações com especialistas, que afirmam que, resumidamente, é totalmente normal vermos cachorros dormindo a maior parte do dia. Vamos então explorar mais sobre o assunto!

Cachorros dormem mais do que nós

cachorro dormindo e mulher notebook
Será que seu cão realmente dorme o dia todo? Isso pode ser algo preocupante? Foto @brunocervera / Unsplash.

Segundo o Dr. Evan Antin, veterinário no Hospital Veterinário de Conejo Valley, em Thousand Oaks, California, cães costumam dormir cerca de 12 a 14 horas por dia. O doutor ainda afirma que a quantidade de sono de que um cão precisa, em uma base diária, depende muito de sua idade, raça e nível de atividade física.

“Algumas raças tendem a dormir mais que outras. Os Buldogues Franceses e Ingleses, por exemplo, adoram tirar sonecas e ficar relaxados,” explica o Dr. Antin. “Já os cães mais ativos, como cães de trabalho, acabam dormindo menos pelo simples fato de terem mais coisas para fazer durante o dia.”

A idade também tem um papel muito importante no quanto um cachorro dorme por dia. Um filhote, por exemplo, tende a dormir de 16 a 18 horas por dia, uma vez que a fase de crescimento demanda uma enorme quantidade de energia. Além disso, os cães mais velhos passam quase a mesma quantidade de horas dormindo por dia, o que se deve a diversos fatores. Cães idosos costumam ser menos ativos ou podem sentir dores nas articulações devido à idade avançada, o que pode diminuir seu nível de atividade diário.

Os prós e contras da domesticação

Quer um outro motivo para o seu cão dormir praticamente o dia todo? O estilo de vida que a maioria de nós proporciona a eles não deixa muitas alternativas. Com a verticalização do cenário urbano, cada vez mais pessoas moram sozinhas em apartamentos pequenos, e adotam cachorros que passam a maior parte do tempo sozinhos em um espaço restrito, sem grandes possibilidades de atividade ou exploração.

O Dr. Antin explica que “nossos cães domesticados podem dormir mais do que precisam simplesmente porque têm menos estímulos e menos estresse em seu ambiente, em comparação com o que teriam em ambientes naturais competitivos, onde haveria razões para serem mais ativos.” Segundo o especialista, “no atual cenário de domesticação, eles não precisam caçar, encontrar ou criar tocas e abrigos, escapar e esconder-se de predadores, buscar oportunidades de acasalamento, etc.”

Ele compara os nossos cãezinhos com seus primos selvagens. “Lobos e coiotes, por exemplo, têm que caçar, encontrar parceiros para acasalamento, entre outras atividades necessárias na natureza para sobreviver e passar os genes adiante. Quando os pets vivem sob os cuidados de humanos, todas as necessidades para sua sobrevivência são entregues a eles – ou seja, comida, água e proteção. Eles também costumam ser castrados, o que anula o estímulo de buscar se reproduzir.”

Cachorro dormindo é sinônimo de tranquilidade

Por mais que provavelmente seja ótimo eles terem tudo o que precisam, você provavelmente tem visto seu cachorro dormindo tanto por conta da simples falta do que fazer. E sejamos honestos, é melhor seu cachorro dormir o dia todo do que bagunçar a casa toda (se seu cão apronta muito durante sua ausência, deixe brinquedos para cães espalhados pela casa). Ainda assim, é válido se perguntar se esse tédio é saudável ou não para seu cãozinho.

Mas uma coisa é certa: se seu cão não perde a menor oportunidade que seja para tirar um cochilo, ele certamente se sente confortável e tranquilo em casa – e isso não tem preço. Especialmente se ele tende a dormir ou cochilar perto, encostado ou em cima de você, isso é um sinal claro de confiança e afeto. Se você nota seu cachorro dormindo como um anjinho, foque a atenção nos períodos em que ele está acordado, garantindo que ele tenha atividades para realizar (como brincar, passear, entre outras).

Outros motivos para seu cachorro dormir demais

Problemas de saúde também podem ser a causa de sono exagerado. “Um cachorro dormindo mais que o normal pode sinalizar desequilíbrios hormonais e doenças, como o hipotireoidismo,” explica o Dr. Antin. “Qualquer outro problema metabólico ou condição que esteja prejudicando o organismo do cão também pode reduzir sua energia.”

Aqui é importante ressaltar a importância da saúde de seu pet para que todas as questões envolvendo seu sono sejam resolvidas. Um cão com uma alimentação balanceada e um bom nível diário de atividade física dorme melhor e, por isso, pode até mesmo necessitar menos cochilos durante o dia. Além disso, um estilo de vida saudável irá beneficiar todos os âmbitos de sua vida.

Seu cão está dormindo demais? Como saber

Quando vemos nosso cachorro dormindo por tempo demais, é difícil distinguir se isso se deve a algum problema ou é normal. Se não há indícios de fatores mais comuns, como a idade avançada, o Dr. Antin sugere buscar outros sinais. Por exemplo, se seu cão não é tão ativo quanto costumava ser, e ainda tem ganhado peso sem comer tanto, pode ser que sofra de hipotireoidismo ou outra condição metabólica.

De forma resumida, se você nota que seu cão está dormindo mais do que o normal – considere o que é “normal” com base nos hábitos do seu cão específico, considerando idade, peso, raça, nível de atividade, etc. -, procure sinais que revelem o que há de errado. O mais recomendado é levar a um veterinário para realizar exames.

Cachorro pode ter falta de sono?

No outro lado da moeda, às vezes um cão pode sofrer de insuficiência de sono. “Já atendi pacientes com problemas respiratórios como apneia do sono, ou que estão muito acima do peso para respirar normalmente, e não dormem o suficiente,” afirma o Dr. Antin. “Isso pode levar à fadiga crônica ou a baixos níveis de energia.” Contudo, o Dr. Antin explica que esses casos são bastante raros.

Outro caso que pode levar a esse cenário é quando os cães já são idosos. Os relógios internos deles podem ficar confusos, e isso pode fazer com que durmam menos à noite. Mas isso não configura um problema de verdade. O Dr. Antin diz que eles costumam compensar essa falta de sono durante o dia em sonecas.

Os cães dormem como nós

cachorro dormindo com garota em sofá
No final das contas, o sono dos cachorros tem muito a ver com o nosso. Foto: @leorivas / Unsplash.

Ainda que os hábitos de sono dos cães possam parecer invejáveis, acontece que a forma como ele acontece é bem parecida com o nosso sono. De acordo com um artigo da Live Science, os cães passam por “estágios de vigília, sono profundo REM (do inglês rapid-eye-movement) e não-REM.” Durante o estágio REM, seu cachorro provavelmente tem vários sonhos e talvez você possa vê-lo reagindo a eles. Ele pode ter espasmos, mover suas patinhas ou até mesmo choramingar e latir. Assistir seu cachorro dormindo e sonhando pode ser tanto desesperador quanto hilário: a gente sempre se preocupa se ele está bem, com o que está sonhando, mas também se diverte.

No final das contas, o importante é garantir que seu cãozinho não esteja sofrendo de alguma condição clínica que afete sua quantidade diária de sono – para mais ou para menos – ou a qualidade de seu sono. Garantir que ele esteja dormindo bem é a chave para poder se despreocupar quanto a essa questão, e visando isso, nada melhor que proporcionar ao seu pet uma caminha própria! Há diversos benefícios que uma caminha para cachorro pode trazer.

Agora você também pode descansar sem preocupações com seu cão. Deixe nos comentários qualquer dúvida ou sugestão, que vamos adorar responder! 🙂

  • Cláudia

    Bom dia! Minha cadelinha tem 17 anos e foi diagnosticada com transtorno cognitivo. As vezes acho que ela sente dores, pois vocaliza muito quando está acordada. Minha dúvida é: quando sentem dor eles dormem bem? Pq quando ela dorme tem o sono tranquilo

  • Suzi meire

    Temos uma puldol tem 5 meses ela tá dormindo muito e comendo pouco...Na verdade quase nada

  • Thaina

    Se vc for tirar um cochilo, a minha cadela dorme junto com vc, e enquanto vc não levantar ela não levanta. Ela tem exatamente 6 anos, não me lembro se na idade do cachorro é 40 anos. Queria saber se é normal?

  • Ana Cecília Figueira Barbosa

    Ganhei uma maltês com 5 anos agora com 7. Se estou em casa dorme direto e até ronca. Sai duas vezes ao dia prá caminhar e já sai de casa com a língua de fora com respiração ofegante, é normal? Castrou em março e está engordando agora com 4,600 kgs. Devo fazer exame prá tireóide? O Vet falou que é normal da raça a respiração dela. Dorme de ladinho ou barriguinha prá cima. Adorei tudo nessa matéria

  • Cláudio César Ribeiro

    Muito obrigado pelas informações, me ajudaram bastante! Agora vou acompanhar mais os posts, já mostrei aqui para minha esposa ela ficou surpresa também

  • sandra fatima

    Nosso muito interresante, gostei :)

  • Adriana Gonçalves

    Tenho uma labrador e ela está dormindo demais...vai completar 5 anos...se der ração ela come o dia inteiro se deixar...mas dou apenas um copo de 300 ml na parte da manhã e a mesma medida a noite

  • Eduardo

    Dorme e não tem muita fome, tem 9 Anos, isto é normal

    • Jean Pereira

      Oi Eduardo!! Dormir muito vai se tornando cada vez mais comum nos cães com mais idade, e não ter fome pode ter relação com o calor intenso que está fazendo em algumas partes do país. Tente oferecer ração pastosa e fazer ele beber mais água. Mas a gente realmente indica procurar um veterinário pra ter certeza de que não é nada mais sério, ok? :)

Digite Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *