Gato e cachorro com coleira e pingente

Coleira: O Guia Completo para Seu Pet

Se você é novo(a) ao mundo dos pets ou não, a tarefa de escolher uma coleira para seu cachorro ou gato pode sempre parecer difícil. São tantas opções, designs, cores, estampas e materiais! Então como escolher a melhor coleira possível para seu gatinho ou cãozinho? A melhor forma de escolher o modelo ideal para seu pet é dividir esse processo em partes, avaliando cada uma das características da coleira separadamente.

Mas, antes disso, vamos falar sobre a importância da coleira:

História da coleira

Sabe-se que a coleira tem suas origens no Egito Antigo, quando apenas os faraós faziam uso do item para passear e exibir seus próprios cães de estimação, o que ainda era raro naquela época. Durante a Idade Antiga, o acessório já foi símbolo de status e até mesmo utilizado para proteger os cães contra lobos selvagens, como nas produções agrícolas da Grécia Antiga. Contudo, hoje a coleira tem como principais funções a identificação, o treinamento, o passeio seguro e o embelezamento do pet.

Coleira para cachorro é indispensável

A coleira deve ser um item presente na vida do seu pet desde os primeiros meses de vida. Quanto mais cedo seu bichinho se adaptar ao uso do acessório, com maior naturalidade ele verá seu uso. Além disso, por conta da variedade de propósitos que a coleira atende, é recomendável que seu pet tenha mais de uma. Você deve sempre acompanhar o crescimento do seu animal de estimação, garantindo que a coleira não tenha se tornado pequena demais ou esteja desgastada. Quando se fala em coleira, é muito comum “o barato sair caro”, ou seja, vale mais investir em um produto de qualidade para que dure por mais tempo.

O que não podemos nos esquecer é de que a coleira é um assunto sério, principalmente no caso dos cachorros. Muitos argumentam que os cães adorariam viver soltos o tempo todo, livres de acessórios. Porém, além de garantir a própria segurança deles de diversas formas, a coleira é um item essencial para a domesticação. Não é à toa que o acessório vem sendo usado para garantir um bom convívio entre cães e humanos há mais de um milênio. Somado a tudo isso, existem leis no Brasil e no exterior que exigem o uso da coleira em cachorros, o que torna o assunto ainda mais sério.

Tipos de coleira

Recomendamos começar com o tipo geral de coleira que seu pet precisa. Você precisa decidir, primeiramente, o que você espera que a coleira ofereça ao seu cachorro ou gato. Você vai utilizar a coleira para identificação no dia-a-dia? Para treinamento? Para passear?

Coleira de Fivela Tradicional

O modelo tradicional de coleira é o mais comum e também o preferido entre tutores de pets. O modelo de fecho da coleira tradicional é semelhante ao de uma cinta, com pequenos furos que tornam o acessório ajustável dentro de uma faixa de tamanhos de pescoço. O importante é certificar-se de escolher o tamanho ideal de coleira para seu cachorro ou gato, observando a descrição do produto. A coleira tradicional costuma vir em materiais leves, porém resistentes, como o tecido, o courino e o próprio couro. Além disso, esse modelo traz uma argola de metal fixada, por onde pode ser passada a guia para passeio.

coleira de cachorro em courino com pingente de identificação
Coleira de cachorro em courino com pingente de identificação

Coleira com Fivela de Segurança

A coleira com fivela de segurança é considerada uma das mais seguras no mercado. Por isso mesmo é a mais recomendada para cachorros de porte grande e extra grande. Ela possui um fecho de engate que lembra o de um cinto de segurança, ou das alças de uma mochila para viagens. Geralmente as coleiras com esse modelo de fivela são feitas em nylon ou outros materiais resistentes e maleáveis. Isso se deve ao fato de a principal função desse tipo ser o passeio seguro ou o treinamento. Ainda assim, muitos pet shops oferecem coleiras com fivela de segurança e pingente de identificação.

coleira para cachorro em nylon com pingente de identificação
Coleira para cachorro em nylon com pingente de identificação.

Coleira com Elástico

Recomenda-se o uso de uma coleira com elástico para todos os gatos. Não importa se seu gatinho é mais caseiro, ou se gosta de passear durante a madrugada. A mania felina de saltar em todos os lugares possíveis é o que torna a coleira tradicional não recomendada para os gatos. O elástico é essencial para os bichanos, pois impede que fiquem enroscados em objetos durante os saltos. Mas adquirir um modelo desse para seu gatinho é apenas o primeiro passo. Além disso, você deve garantir um pingente de identificação também, principalmente se seu gato for do tipo andarilho. Assim, a vizinhança saberá que o gato tem família, o que pode livrá-lo de um balde de água fria, por exemplo.

coleira para gatos com elástico e pingente de identificação
Coleira para gatos com elástico e pingente de identificação

Coleira Peitoral ou Colete

Embora não seja tecnicamente um tipo de coleira, o peitoral ou colete é também um dos favoritos entre tutores. Sua principal função é garantir a segurança dos cães durante o passeio, por isso costuma acompanhar guia. Mas, ao contrário do que muitos pensam, os peitorais também podem ser utilizados com gatos, basta adequar seu bichinho ao uso do acessório. O modelo peitoral é indicado por especialistas pois distribui a força dos puxões durante o passeio de forma uniforme pelo corpo do pet, evitando que se enforque. São feitos em diversos materiais que proporcionam conforto e resistência ao mesmo tempo, como misturas de algodão, courino e nylon.

coleira peitoral com guia estampa macaquinhos
Este peitoral com guia estampa macaquinhos acompanha guia e bolsinha para celular.

Coleira Peitoral Estilo Americano

Semelhante ao tipo peitoral ou colete padrão, o peitoral estilo americano também é conhecido como step-in (do inglês, “pisar dentro“). O termo em inglês faz alusão a uma de suas principais características: é super fácil de vestir. Basta o animalzinho posicionar suas patinhas nas aberturas apropriadas, e então é só engatar o fecho. Além de sua praticidade, esse tipo de peitoral é famoso pelo diferencial do conforto. Isso se deve ao fato de o item ficar preso apenas no tórax do pet, não no pescoço, e com isso evitar possíveis lesões caso o bichinho puxe demais durante os passeios.

coleira peitoral estilo americano com bolinhas
Coleira peitoral estilo americano com bolinhas e guia.

Corrente para Cachorro

Em uma categoria um pouco diferente das anteriores, temos as correntes para cachorro. Elas são uma opção bacana para deixar o cão mais charmoso e ainda garantir sua segurança com um pingente gravado. Caso o cachorro seja de porte grande ou possua um estilo de vida agitado, a opção em aço inoxidável é ideal e deve durar anos. Mas, por mais que costumem ser preferidas por tutores de cachorro grande, as correntes também têm adeptos nos tamanhos menores. Além disso, existem modelos de corrente banhada a ouro, que dão um toque de realeza ao cão.

corrente para cachorro em aço inox com pingente de identificação
Corrente para cachorro em aço inox com pingente de identificação.

Colar de Pérolas

Quer dar um toque de elegância absoluta em seu cãozinho? Então o colar de pérolas é a opção ideal! Além disso, eles podem vir acompanhados de pingente de identificação gravado. Mas não é possível acoplar a guia nesse tipo de adereço, por isso suas funções são apenas a identificação e o embelezamento do pet. Fora isso, a variedade de cores oferecida nas melhores lojas de acessórios para pets é imensa. Como é um item mais delicado, costuma ser disponibilizado apenas para cães de pequeno porte. Se esse é o caso do seu pet, então é uma ótima sugestão!

colar de pérolas para cachorro com pingente de identificação
Colar de pérolas para cachorro com pingente de identificação

Bandana para Cachorro

A popularidade da bandana para cachorro tem crescido grandemente nos últimos tempos. Um adereço simples, leve e confortável, não existem contra-indicações para a bandana. Por mais que não seja possível acoplar um pingente com nome ou uma guia na bandana, esse é um acessório que traz muito charme ao pet por um preço acessível. Por isso, muitos tutores passaram a colecionar bandanas com estampas, cores e designs diversos. Caso queira vestir seu gato com uma bandana, certifique-se de supervisionar de perto, pois é um acessório que pode enroscar em objetos durante seus saltos.

bandana para cachorro rosa estampa patinhas
Bandana para cachorro rosa estampa patinhas.

Dicas para garantir a coleira ideal

Espere de uma coleira para cachorro ou gato muito mais que apenas um adereço. Com tantas funções em um único item, todas essenciais ao seu pet, fica mais que comprovada a necessidade de seu bichinho ter uma coleira própria. Mas, antes de adquirir a coleira ideal, é importante seguir algumas dicas que daremos a seguir. Com isso, esperamos que você possa encontrar o modelo exato para seu pet.

1 – Procure produtos de qualidade

Existem centenas de pet shops físicos e online oferecendo todo o tipo de coleira para seu pet. Porém, é preciso atenção aos detalhes para não errar a mão e adquirir um produto de má qualidade. Verifique a descrição do acessório com atenção, em caso de loja online. No pet shop local, peça detalhes sobre o produto a um atendente ou vendedor. Se possível, busque referências, como avaliações online no site da empresa e em redes sociais. Além disso, procure sempre pela maior evidência de qualidade possível: a existência de garantia.

2 – Desconfie do preço

No caso da coleira, é muito fácil encontrar falsificações e produtos pirateados. Os riscos de se adquirir um produto assim são vários, desde a falta de garantia até a impossibilidade de troca e a chance de o acessório arrebentar durante um passeio, gerando uma situação de alto risco para seu pet e as pessoas próximas. Quando se trata da segurança do seu cachorro ou gato, invista com sabedoria. É comum querermos economizar e acabarmos passando por um transtorno com um produto de má qualidade, e o pior, tendo que comprar outro depois.

3 – Compare as medidas

Essa dica vale para tudo aquilo que você for comprar para seu pet. Como dificilmente é possível experimentar acessórios e demais produtos em seu pet antes de comprar, mesmo em lojas físicas, é preciso sempre ter as especificações do seu cão ou gato na ponta da língua (ou salvas no celular). Ou seja, guardar em um local seguro informações como comprimento, circunferência do pescoço, peso e medida do tórax é uma estratégia essencial para poder comprar para seu animalzinho com segurança. Assim, fica fácil comparar suas medidas com as indicadas na descrição do produto, para acertar na compra logo de primeira. Não se esqueça também de deixar uma margem de segurança para seu pet, ou seja, se ele possui 10 cm de pescoço, o ideal é adquirir uma coleira cuja medida indique até 12 cm, pelo menos.

4 – Monitore os primeiros usos

Mais uma dica valiosa para tutores em todos os casos. Quando for oferecer um produto para seu pet pela primeira vez, seja um alimento, acessório, produto de higiene ou outros, esteja perto e monitore. Os nossos cães e gatos muitas vezes não entendem por que estamos oferecendo aquilo, e por não reconhecerem que é para seu bem, podem rejeitar ou utilizar de forma indevida os produtos. Garanta que seu bichinho use a coleira pela primeira vez por, aproximadamente, 10 minutos, enquanto você faz carinho, brinca e oferece petiscos. Na próxima experiência, deixe por 30 minutos, e por aí em diante. Somente deixe seu pet de coleira sem sua supervisão quando tiver plena convicção de que ele está acostumado com o acessório.

5 – Use com frequência

A frequência é o último fator importante na compra de uma coleira para seu pet. Mesmo que você acostume seu cachorro ou gato com um produto, se você não utilizá-lo com frequência, seu pet irá estranhar novamente quando for usar ou vestir. Por isso, mesmo que você adquira uma coleira específica para passear, é importante também ter uma (com identificação) para ficar em casa. Dessa forma, além de estar sempre acostumado com os acessórios, seu bichinho estará devidamente protegido caso fuja ou se perca.

Digite Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *